ORGANIZAR É, BASICAMENTE, DESAPEGAR: 11 DICAS

07-donation-box-lgn

1. Você não CALCULA o que tinha de energia parada aqui em casa. Na minha mesa de trabalho, na sala, no quintal. Não sei explicar, mas as baguncinhas vão surgindo, a gente vai deixando e de repente vira um monstro.

2. Já li Marie Kondo (Google it), leio sobre organização, gosto do assunto mas não me venha com teorias sobre organização de armário nem com traquitanas que você precisa COMPRAR para organizar. Virou um mercado: aquelas caixas plásticas, as divisórias, tudo chinês (nada contra), mas que vai lá ver quanto custa. Beleza, é importante, mas caixa e acessório, em si, não resolvem se você não mudar sua MENTE. (Mari Mari Sensitiva, Mari Mari Programação Neurolinguística, ohmmmmmm).

3. Alguém me disse uma vez: se um dia você sentir vontade de mandar fazer armário porque as coisas não estão cabendo, faça uma organização. Isso acontece MUITO com roupa: armário lotado? Eu corto meu pescoço se estiver errada mas, em média, tirando blogueira de moda, a gente usa as mesmas peças de roupa no dia a dia e nem percebe. Eu sou TOTAL guarda-roupa de 50 peças. E blogueira de moda só usa na foto para postar e, com isso, ganhar mais presente. Mundo, acabe!

4. No meu caso, é fato: quando a casa está uma zona acumulada ou quando não quero mexer em certas coisas é porque não estou bem em algum aspecto. Daí a lua mudou, sei lá, catei um saco de lixo e saí arrepiando (Alê não estava).

5. GENTE, isso é importante: arrumação é algo que se faz sozinho. É um momento seu. Porque SEMPRE tem a mãe, azamiga, alguém, que fala: “aaaaai, ce jura que vai se desfazer? nossa, que coragem”. Daí fazendo a Marie Kondo: olha para as coisas e pensa se aquilo te traz felicidade. Não? Tchau. É bonitinho esse jeito como ela explica. Esse livro vendeu horrores.

6. IDEIA QUE TIVE AGORA. Jogar coisa fora é igual cortar o cabelo. Se for pedir opinião da galera vira plebiscito e você não sai do lugar. Quer fazer, faz. O cabelo é seu. Palavra de quem cortou joãozinho e ouviu crítica. Se o seu namorado ameaçar terminar o namoro, manda ele casar com uma peruca e troque de namorado. Mari Mari sendo Mari Mari.

7. Daí que saíram dois sacos de PAPEL. De revista velha a cardápio de pizzaria do bairro. Saiu MUITA, MAS MUITA COISA. E me deu muita felicidade. Cuidado com papel, gente. Não deixe que eles ENTREM na sua casa.

8. Sem falar que existe uma relação direta entre espaço-organizado e espaço-limpo. Quando mais limpo, mais fácil de limpar. Nem dá para culpar a faxineira.

9. Agora minha mesa e estante de home office estão praticamente vazias, parece coworking, e amei isso. Ter espaço vazio é permitir que coisas novas entrem. E “coisas” não são objetos, mas ideias, projetos, mudanças de comportamento.

10. Se você trabalha em empresa, dica da tia: quanto menos coisas tiver na sua mesa, maior a impressão de competência. Não faça da sua mesa da firma um altarzinho: fotos, Nossa Senhora, brinquedinho, prenda do Kinder Ovo, brinde do Mc Donalds. Pega mal para quem não te conhece a moça da limpeza vai ignorar sua estação de trabalho.

11A. Uma vez ganhei um sapo de plástico muito próximo do real e, de brincadeira, coloquei no vaso que tinha do lado da minha mesa na Casa e Jardim. Soube semanas depois que uma faxineira tomou um PUTA susto e passou mal. HAHAHAHA.

11B. GENTE! DOZE DICAS! Eu preciso ir embora e você precisa trabalhar. Fui.

# Mari Mari ficou se achando no processo, jogou fora um documento importante e está ouvindo carcada até agora…#

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s